Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 
  • Anterior
  • Sobre o grupo

  • Ingressar no grupo
Sem atividade nos últimos 7 dias

Descrição do grupo

Algo que nos mantêm unidos e demonstra o espírito cooperativo, integrado e de construção coletiva. Foi com base nestes princípios que Clayton Ferreira Lino, propôs para diversos grupos de espeleologia a realização de uma expedição de travessia da Caverna do Diabo em 1990.

Muitas pessoas olharam inicialmente este convite com um certo desdém: “... mas a Caverna do Diabo é uma caverna turística?!”, mal sabiam estes discrentes gruteiros que a Gruta da Tapagem (SP-002) seria considerada a maior gruta do estado de São Paulo, altamente esportiva, com lances de escalada, teto baixo, lances de cachoeira, trechos de natação, grandes salões labirínticos, espeleotemas gigantes ou delicados.

Tudo isso motivou a implantação de um projeto intergrupos (Projeto Caverna do Diabo – PROCAD), sob a organização da Sociedade Brasileira de Espeleologia (SBE). O objetivo principal era fazer um amplo levantamento espeleológico e também subsidiar o plano de manejo deste núcleo turístico. O projeto evoluiu para uma segunda fase, tendo como foco principal, a prospecção interna e topografia da Caverna do Diabo.

Atualmente, o PROCAD está entrando na sua terceira fase, tendo como objetivo a prospecção externa, levantamento espeleológico e manejo turístico. O PROCAD causou uma enorme repercussão nacional na década de 90, envolvendo mais de cem espeleólogos, 19 grupos, representando cinco estados brasileiros em suas diversas expedições. Agora, venha fazer parte dessa história!

Website do grupo

Informações sobre o grupo

Configurações do grupo

  • Este é um grupo restrito.
  • Anexos são permitidos.
  • Os associados não podem ocultar o endereço de email.
  • Relacionado no diretório do Yahoo Grupos.
  • A associação precisa ser aprovada.
  • Mensagens precisam ser aprovadas.
  • Todos os associados podem enviar mensagens.

Endereços de email do grupo

Histórico de mensagens