Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 

Dízimo para entrar no templo

Expandir mensagens
  • marcosmsb
    Boa tarde! Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo: Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo
    Mensagem 1 de 16 , 28 de jul de 2014

      Boa tarde!


      Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo:


      "Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo em dia para entrar no Templo? Isso cheira simonia e essa prática já deveria ter sido banida da Igreja há muito tempo. Tem-se a impressão que é necessário pagar para conseguir uma recomendação para entrar e frequentar o Templo e participar de todas as ordenanças. Sendo tais ordenanças necessárias para a exaltação fica o recado subliminar de que quem não paga não é abençoado. Isso é muito triste pois Jesus Cristo disse para dar de graça aquilo que de graça a Igreja recebeu de Deus. Como a Igreja Católica Romana agiu no passado vendendo indulgências para que os fiéis pudessem ir diretamente para o Céu após a morte, sem necessidade de passar um tempo no Purgatório, hoje a Igreja SUD vende ingressos para entrar no templo disfarçados na recomendação necessária para entrar no Templo como prêmio para quem cumpre os mandamentos , especialmente o de estar em dia com os dízimo. Se estiver com o dízimo atrasado, não há como receber a recomendação e consequentemente o fiel fica barrado de receber as bênçãos do Templo que permitiriam sua exaltação. Se isso não for vender a salvação, eu não sei o que é! Dentro desse esquema existe outra prática perversa que não existe em nenhuma outra denominação crista: é o “acerto anual do dízimo” no qual o fiel em uma situação humilhante é obrigado a se reunir com o Bispo e prestar contas do pagamento do dízimo de modo a verificar como anda sua situação e constatar se está devendo para a Igreja – técnica humilhante que transforma o fiel em devedor de Deus. Se a função da Igreja é proporcionar bênçãos e proporcionar a exaltação do membro, porque não faz isso de graça como Jesus mandou?"


      Tem muita lógica o que o irmão disse, mas corresponde à verdade?


      Att

      Marcos

      Ala Sapopemba

      Estaca Penha - São Paulo - SP

       

    • Fabio Gomes
      Irmão Marcos, Você tem alguma dúvida? Sinceramente, há algum tempo venho achando estranhas as suas mensagens. Estão bem parecidas com um antigo membro
      Mensagem 2 de 16 , 28 de jul de 2014
        Irmão Marcos,

        Você tem alguma dúvida?

        Sinceramente, há algum tempo venho achando estranhas as suas mensagens. Estão bem parecidas com um antigo membro deste grupo.

        Abraços,

        Fabio


        Em 28 de julho de 2014 15:42, marcosmsb@... [mormons-br] <mormons-br@...> escreveu:
         

        Boa tarde!


        Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo:


        "Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo em dia para entrar no Templo? Isso cheira simonia e essa prática já deveria ter sido banida da Igreja há muito tempo. Tem-se a impressão que é necessário pagar para conseguir uma recomendação para entrar e frequentar o Templo e participar de todas as ordenanças. Sendo tais ordenanças necessárias para a exaltação fica o recado subliminar de que quem não paga não é abençoado. Isso é muito triste pois Jesus Cristo disse para dar de graça aquilo que de graça a Igreja recebeu de Deus. Como a Igreja Católica Romana agiu no passado vendendo indulgências para que os fiéis pudessem ir diretamente para o Céu após a morte, sem necessidade de passar um tempo no Purgatório, hoje a Igreja SUD vende ingressos para entrar no templo disfarçados na recomendação necessária para entrar no Templo como prêmio para quem cumpre os mandamentos , especialmente o de estar em dia com os dízimo. Se estiver com o dízimo atrasado, não há como receber a recomendação e consequentemente o fiel fica barrado de receber as bênçãos do Templo que permitiriam sua exaltação. Se isso não for vender a salvação, eu não sei o que é! Dentro desse esquema existe outra prática perversa que não existe em nenhuma outra denominação crista: é o “acerto anual do dízimo” no qual o fiel em uma situação humilhante é obrigado a se reunir com o Bispo e prestar contas do pagamento do dízimo de modo a verificar como anda sua situação e constatar se está devendo para a Igreja – técnica humilhante que transforma o fiel em devedor de Deus. Se a função da Igreja é proporcionar bênçãos e proporcionar a exaltação do membro, porque não faz isso de graça como Jesus mandou?"


        Tem muita lógica o que o irmão disse, mas corresponde à verdade?


        Att

        Marcos

        Ala Sapopemba

        Estaca Penha - São Paulo - SP

         


      • Andre Balena
        Deus não presisa de dinheiro, ele quer só testar a nossa fé,eu nunca mais deixo de ser dizimista sei que o Senhor abre as janelas do céu! o que os santos
        Mensagem 3 de 16 , 28 de jul de 2014
          Deus não presisa de dinheiro, ele quer só testar a nossa fé,eu nunca mais deixo de ser dizimista sei que o Senhor abre as janelas do céu! o que os santos fazem com 10% o governo não faz com 50% que rouba dos cidadãos!



          Em Segunda-feira, 28 de Julho de 2014 16:03, "marcosmsb@... [mormons-br]" <mormons-br@...> escreveu:


           
          Boa tarde!

          Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo:

          "Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo em dia para entrar no Templo? Isso cheira simonia e essa prática já deveria ter sido banida da Igreja há muito tempo. Tem-se a impressão que é necessário pagar para conseguir uma recomendação para entrar e frequentar o Templo e participar de todas as ordenanças. Sendo tais ordenanças necessárias para a exaltação fica o recado subliminar de que quem não paga não é abençoado. Isso é muito triste pois Jesus Cristo disse para dar de graça aquilo que de graça a Igreja recebeu de Deus. Como a Igreja Católica Romana agiu no passado vendendo indulgências para que os fiéis pudessem ir diretamente para o Céu após a morte, sem necessidade de passar um tempo no Purgatório, hoje a Igreja SUD vende ingressos para entrar no templo disfarçados na recomendação necessária para entrar no Templo como prêmio para quem cumpre os mandamentos , especialmente o de estar em dia com os dízimo. Se estiver com o dízimo atrasado, não há como receber a recomendação e consequentemente o fiel fica barrado de receber as bênçãos do Templo que permitiriam sua exaltação. Se isso não for vender a salvação, eu não sei o que é! Dentro desse esquema existe outra prática perversa que não existe em nenhuma outra denominação crista: é o “acerto anual do dízimo” no qual o fiel em uma situação humilhante é obrigado a se reunir com o Bispo e prestar contas do pagamento do dízimo de modo a verificar como anda sua situação e constatar se está devendo para a Igreja – técnica humilhante que transforma o fiel em devedor de Deus. Se a função da Igreja é proporcionar bênçãos e proporcionar a exaltação do membro, porque não faz isso de graça como Jesus mandou?"

          Tem muita lógica o que o irmão disse, mas corresponde à verdade?

          Att
          Marcos
          Ala Sapopemba
          Estaca Penha - São Paulo - SP
           


        • Marcelo Todaro
          Irmão Marcos, Perdoe-me pela sinceridade, mas em termos de apostasia dizer que essa argumentação tem muita lógica coloca você em pé de igualdade com o
          Mensagem 4 de 16 , 28 de jul de 2014
            Irmão Marcos,

            Perdoe-me pela sinceridade, mas em termos de apostasia dizer que essa argumentação "tem muita lógica" coloca você em pé de igualdade com o autor daquela opinião.

            Por essa mesma lógica podemos dizer que adúlteros, fornicadores, prostitutas, etc., são discriminados pela Igreja por não lhes ser permitido entrar no templo em virtude de não obedecerem à Lei da Castidade. Bêbados, drogados e amantes do café idem, por causa da Palavra de Sabedoria. Ateus idem, por causa da falta de fé em Cristo.

            Preciso continuar?

            Assim como qualquer mandamento, o dízimo é uma questão de fé, não de dinheiro. "...nenhum mandamento terreno lhe dei, porque meus mandamentos são espirituais; eles não são naturais nem físicos nem carnais nem sensuais." (D&C 29:35)

            Quem não paga o dízimo demonstra falta de fé e, por isso, não pode entrar no templo. Simples assim.

            Um abraço,

            Marcelo


            Em 28 de julho de 2014 15:42, marcosmsb@... [mormons-br] <mormons-br@...> escreveu:
             

            Boa tarde!


            Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo:


            "Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo em dia para entrar no Templo? Isso cheira simonia e essa prática já deveria ter sido banida da Igreja há muito tempo. Tem-se a impressão que é necessário pagar para conseguir uma recomendação para entrar e frequentar o Templo e participar de todas as ordenanças. Sendo tais ordenanças necessárias para a exaltação fica o recado subliminar de que quem não paga não é abençoado. Isso é muito triste pois Jesus Cristo disse para dar de graça aquilo que de graça a Igreja recebeu de Deus. Como a Igreja Católica Romana agiu no passado vendendo indulgências para que os fiéis pudessem ir diretamente para o Céu após a morte, sem necessidade de passar um tempo no Purgatório, hoje a Igreja SUD vende ingressos para entrar no templo disfarçados na recomendação necessária para entrar no Templo como prêmio para quem cumpre os mandamentos , especialmente o de estar em dia com os dízimo. Se estiver com o dízimo atrasado, não há como receber a recomendação e consequentemente o fiel fica barrado de receber as bênçãos do Templo que permitiriam sua exaltação. Se isso não for vender a salvação, eu não sei o que é! Dentro desse esquema existe outra prática perversa que não existe em nenhuma outra denominação crista: é o “acerto anual do dízimo” no qual o fiel em uma situação humilhante é obrigado a se reunir com o Bispo e prestar contas do pagamento do dízimo de modo a verificar como anda sua situação e constatar se está devendo para a Igreja – técnica humilhante que transforma o fiel em devedor de Deus. Se a função da Igreja é proporcionar bênçãos e proporcionar a exaltação do membro, porque não faz isso de graça como Jesus mandou?"


            Tem muita lógica o que o irmão disse, mas corresponde à verdade?


            Att

            Marcos

            Ala Sapopemba

            Estaca Penha - São Paulo - SP

             


          • Cesar Henrique Bagatoli
            Deus não precisa de dinheiro. Quem não paga o dízimo, não faz sacrifícios e é bem provável também que só entrará no templo por curiosidade e não
            Mensagem 5 de 16 , 28 de jul de 2014
              Deus não precisa de dinheiro.
              Quem não paga o dízimo, não faz sacrifícios e é bem provável também que só entrará no templo por curiosidade e não mais retornará.
              Quer de graça aquilo que os pioneiros fizeram com a doação de tudo, inclusive com a vida. Essa conversa é sempre a mesma.
              O acerto anual é para que o membro diga ao Senhor se foi integral (integro) ou parcial e sobretudo, conferir se as doações que fez foram lançadas corretamente.
              O Senhor disse:
              DeC 64:23 Eis que o tempo presente se chama hoje até a vinda do Filho do Homem e, em verdade, é um dia de sacrifício e um dia para o dízimo de meu povo; pois aquele que paga o dízimo não será queimado na sua vinda.
                24 Porque depois de hoje vem a queima—falando à maneira do Senhor—pois em verdade eu digo que amanhã todos os soberbos e os que praticam iniqüidade serão como o restolho; e queimá-los-ei, pois sou o Senhor dos Exércitos, e não pouparei quem permanecer em Babilônia.
                25 Portanto, se credes em mim, trabalhareis enquanto é hoje.


              Em Segunda-feira, 28 de Julho de 2014 15:50, "Andre Balena andrebalena@... [mormons-br]" <mormons-br@...> escreveu:


               
              Deus não presisa de dinheiro, ele quer só testar a nossa fé,eu nunca mais deixo de ser dizimista sei que o Senhor abre as janelas do céu! o que os santos fazem com 10% o governo não faz com 50% que rouba dos cidadãos!



              Em Segunda-feira, 28 de Julho de 2014 16:03, "marcosmsb@... [mormons-br]" <mormons-br@...> escreveu:


               
              Boa tarde!

              Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo:

              "Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo em dia para entrar no Templo? Isso cheira simonia e essa prática já deveria ter sido banida da Igreja há muito tempo. Tem-se a impressão que é necessário pagar para conseguir uma recomendação para entrar e frequentar o Templo e participar de todas as ordenanças. Sendo tais ordenanças necessárias para a exaltação fica o recado subliminar de que quem não paga não é abençoado. Isso é muito triste pois Jesus Cristo disse para dar de graça aquilo que de graça a Igreja recebeu de Deus. Como a Igreja Católica Romana agiu no passado vendendo indulgências para que os fiéis pudessem ir diretamente para o Céu após a morte, sem necessidade de passar um tempo no Purgatório, hoje a Igreja SUD vende ingressos para entrar no templo disfarçados na recomendação necessária para entrar no Templo como prêmio para quem cumpre os mandamentos , especialmente o de estar em dia com os dízimo. Se estiver com o dízimo atrasado, não há como receber a recomendação e consequentemente o fiel fica barrado de receber as bênçãos do Templo que permitiriam sua exaltação. Se isso não for vender a salvação, eu não sei o que é! Dentro desse esquema existe outra prática perversa que não existe em nenhuma outra denominação crista: é o “acerto anual do dízimo” no qual o fiel em uma situação humilhante é obrigado a se reunir com o Bispo e prestar contas do pagamento do dízimo de modo a verificar como anda sua situação e constatar se está devendo para a Igreja – técnica humilhante que transforma o fiel em devedor de Deus. Se a função da Igreja é proporcionar bênçãos e proporcionar a exaltação do membro, porque não faz isso de graça como Jesus mandou?"

              Tem muita lógica o que o irmão disse, mas corresponde à verdade?

              Att
              Marcos
              Ala Sapopemba
              Estaca Penha - São Paulo - SP
               




            • Flavio Gomes Ribeiro
              Perguntaram a John Taylor, quem não paga o dizimo deve fazer batismo pelos mortos ele disse: Se vc não tem fé para pagar o dizimo, vai ter fé para ajudar
              Mensagem 6 de 16 , 28 de jul de 2014
                Perguntaram a John Taylor, quem não paga o dizimo deve fazer batismo pelos mortos ele disse: Se vc não tem fé para pagar o dizimo, vai ter fé para ajudar alguem doutro lado do véu. Essa foi boa. Não é questão de dinheiro e sim fé em viver os mandamentos. Dez por cento, não quer pagar, quando exigir consagração, como viverão o profetas antigos e modernos. Tenho um testemunho do dízimo, a promessa d q as janelas do céu são derramadas ao obediente é real. Deixa de ser avarento, mesquinho e egoista, imundo.


                Em Segunda-feira, 28 de Julho de 2014 18:16, "Cesar Henrique Bagatoli chbagatoli@... [mormons-br]" <mormons-br@...> escreveu:


                 
                Deus não precisa de dinheiro.
                Quem não paga o dízimo, não faz sacrifícios e é bem provável também que só entrará no templo por curiosidade e não mais retornará.
                Quer de graça aquilo que os pioneiros fizeram com a doação de tudo, inclusive com a vida. Essa conversa é sempre a mesma.
                O acerto anual é para que o membro diga ao Senhor se foi integral (integro) ou parcial e sobretudo, conferir se as doações que fez foram lançadas corretamente.
                O Senhor disse:
                DeC 64:23 Eis que o tempo presente se chama hoje até a vinda do Filho do Homem e, em verdade, é um dia de sacrifício e um dia para o dízimo de meupovo; pois aquele que paga o dízimo não será queimado na sua vinda.
                  24 Porque depois de hoje vem a queima—falando à maneira do Senhor—pois em verdade eu digo que amanhã todos os soberbos e os que praticam iniqüidade serão como o restolho; e queimá-los-ei, pois sou o Senhor dos Exércitos, e não pouparei quem permanecer em Babilônia.
                  25 Portanto, se credes em mim, trabalhareis enquanto é hoje.


                Em Segunda-feira, 28 de Julho de 2014 15:50, "Andre Balena andrebalena@... [mormons-br]" <mormons-br@...> escreveu:


                 
                Deus não presisa de dinheiro, ele quer só testar a nossa fé,eu nunca mais deixo de ser dizimista sei que o Senhor abre as janelas do céu! o que os santos fazem com 10% o governo não faz com 50% que rouba dos cidadãos!



                Em Segunda-feira, 28 de Julho de 2014 16:03, "marcosmsb@... [mormons-br]" <mormons-br@...> escreveu:


                 
                Boa tarde!

                Encontrei o comentário abaixo de um membro da Igreja com relação ao dízimo e o templo:

                "Por que é necessário estar com o pagamento do dízimo em dia para entrar no Templo? Isso cheira simonia e essa prática já deveria ter sido banida da Igreja há muito tempo. Tem-se a impressão que é necessário pagar para conseguir uma recomendação para entrar e frequentar o Templo e participar de todas as ordenanças. Sendo tais ordenanças necessárias para a exaltação fica o recado subliminar de que quem não paga não é abençoado. Isso é muito triste pois Jesus Cristo disse para dar de graça aquilo que de graça a Igreja recebeu de Deus. Como a Igreja Católica Romana agiu no passado vendendo indulgências para que os fiéis pudessem ir diretamente para o Céu após a morte, sem necessidade de passar um tempo no Purgatório, hoje a Igreja SUD vende ingressos para entrar no templo disfarçados na recomendação necessária para entrar no Templo como prêmio para quem cumpre os mandamentos , especialmente o de estar em dia com os dízimo. Se estiver com o dízimo atrasado, não há como receber a recomendação e consequentemente o fiel fica barrado de receber as bênçãos do Templo que permitiriam sua exaltação. Se isso não for vender a salvação, eu não sei o que é! Dentro desse esquema existe outra prática perversa que não existe em nenhuma outra denominação crista: é o “acerto anual do dízimo” no qual o fiel em uma situação humilhante é obrigado a se reunir com o Bispo e prestar contas do pagamento do dízimo de modo a verificar como anda sua situação e constatar se está devendo para a Igreja – técnica humilhante que transforma o fiel em devedor de Deus. Se a função da Igreja é proporcionar bênçãos e proporcionar a exaltação do membro, porque não faz isso de graça como Jesus mandou?"

                Tem muita lógica o que o irmão disse, mas corresponde à verdade?

                Att
                Marcos
                Ala Sapopemba
                Estaca Penha - São Paulo - SP
                 






              • marcosmsb
                Boa tarde! Não sou contra o mandamento do dízimo, minha dúvida reside no fato do dízimo ser uma das condições para entrar no templo. Aliás, existe
                Mensagem 7 de 16 , 29 de jul de 2014
                  Boa tarde!

                  Não sou contra o mandamento do dízimo, minha dúvida reside no fato do dízimo ser uma das condições para entrar no templo. Aliás, existe alguma revelação que fale sobre os requisitos necessários para se entrar no templo? Ou a Igreja foi estabelecendo aos poucos e de que modo?  Concordo quando você diz:

                  "Quem não paga o dízimo demonstra falta de fé e, por isso, não pode entrar no templo. Simples assim"

                  Mas, ao mesmo tempo, parece que estamos pagando para entrar no templo. Jesus disse:

                  "Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Mateus 10:8

                  Se estas bençãos eram e são para ser dadas de graça, imagina então as bençãos do templo.
                  E quanto ao acerto anual do dízimo, parece que eu pago mensalidades para a Igreja e esta vem me cobrar o que estou devendo, eu considero meio constrangedor.
                  Desculpe se estou parecendo um apóstata, mas é que estou muito confuso,

                  Obrigado.
                  Marcos
                  Ala Sapopemba
                  Estaca Penha - São Paulo - SP



                  Bíblia Online

                   


                   
                • Fernando Cruz
                  Penso. Se no templo se faz convênios maiores do que o dizimo, como uma pessoa que não o paga estará apta a faze-los? Igualmente o sacerdócio menor não é
                  Mensagem 8 de 16 , 29 de jul de 2014
                    Penso.
                    Se no templo se faz convênios maiores do que o dizimo, como uma pessoa que não o paga estará apta a faze-los?
                    Igualmente o sacerdócio menor não é preparador para o maior?
                    Tem que andar a primeira milha ir pra segunda!



                    To: mormons-br@...
                    From: mormons-br@...
                    Date: Tue, 29 Jul 2014 08:44:16 -0700
                    Subject: Re: [mormons-br] Dízimo para entrar no templo

                     
                    Boa tarde!

                    Não sou contra o mandamento do dízimo, minha dúvida reside no fato do dízimo ser uma das condições para entrar no templo. Aliás, existe alguma revelação que fale sobre os requisitos necessários para se entrar no templo? Ou a Igreja foi estabelecendo aos poucos e de que modo?  Concordo quando você diz:

                    "Quem não paga o dízimo demonstra falta de fé e, por isso, não pode entrar no templo. Simples assim"

                    Mas, ao mesmo tempo, parece que estamos pagando para entrar no templo. Jesus disse:

                    "Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Mateus 10:8

                    Se estas bençãos eram e são para ser dadas de graça, imagina então as bençãos do templo.
                    E quanto ao acerto anual do dízimo, parece que eu pago mensalidades para a Igreja e esta vem me cobrar o que estou devendo, eu considero meio constrangedor.
                    Desculpe se estou parecendo um apóstata, mas é que estou muito confuso,

                    Obrigado.
                    Marcos
                    Ala Sapopemba
                    Estaca Penha - São Paulo - SP



                    Bíblia Online  

                     

                  • Marcelo Todaro
                    Em 29 de julho de 2014 12:44, marcosmsb@yahoo.com.br [mormons-br]
                    Mensagem 9 de 16 , 29 de jul de 2014
                      Em 29 de julho de 2014 12:44, marcosmsb@... [mormons-br] <mormons-br@...> escreveu:
                       
                      Não sou contra o mandamento do dízimo, minha dúvida reside no fato do dízimo ser uma das condições para entrar no templo. Aliás, existe alguma revelação que fale sobre os requisitos necessários para se entrar no templo? Ou a Igreja foi estabelecendo aos poucos e de que modo?  Concordo quando você diz:

                      "Quem não paga o dízimo demonstra falta de fé e, por isso, não pode entrar no templo. Simples assim"

                      Mas, ao mesmo tempo, parece que estamos pagando para entrar no templo. Jesus disse:

                      "Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Mateus 10:8

                      Se estas bençãos eram e são para ser dadas de graça, imagina então as bençãos do templo.

                      Me parece que você está se prendendo a uma única passagem de escritura (que, aliás, fala do sacerdócio, não do dízimo) e esquecendo de todo o resto.

                      Em D&C 119 o Senhor estabelece a lei do dízimo para os santos dos últimos dias. Recomendo lê-la.

                      Sendo uma lei de Deus, devemos obediência a ela, assim como a todas as outras. Torne-se culpado de transgredir uma delas e você poderá se tornar indigno de entrar no templo. Isso vale não só para o dízimo, como castidade, Palavra de Sabedoria, honestidade, dia do Senhor, etc., etc.

                      Releia o que escrevi em minha mensagem anterior.
                       
                      E quanto ao acerto anual do dízimo, parece que eu pago mensalidades para a Igreja e esta vem me cobrar o que estou devendo, eu considero meio constrangedor.

                      Concordo que seria se o intuito fosse o de cobrança. O acerto anual não é para cobrar nada, e sim para que você confira se os registros de suas doações foram lançados corretamente nos registros da Igreja. Bispo nenhum vai dizer que você tem que pagar dízimos atrasados se tiver deixado de pagar algum. Caso não esteja pagando, o que ele vai fazer é ajudá-lo a desenvolver sua fé para que volte a pagar, assim como o ajudaria se você estivesse tomando álcool, fornicando, etc., etc.

                      Desculpe se estou parecendo um apóstata, mas é que estou muito confuso,

                      Você já procurou seu bispo para esclarecer suas dúvidas?

                      Um abraço,

                      Marcelo
                    • marcosmsb
                      Boa tarde! Me parece que você está se prendendo a uma única passagem de escritura (que, aliás, fala do sacerdócio, não do dízimo) e esquecendo de todo
                      Mensagem 10 de 16 , 29 de jul de 2014
                        Boa tarde!

                        "Me parece que você está se prendendo a uma única passagem de escritura (que, aliás, fala do sacerdócio, não do dízimo) e esquecendo de todo o resto." 

                        Sim, mas  as bençãos do templo são recebidas pelo poder do sacerdócio. E quando parece que pagamos o dízimo para entrar no templo, parece que estamos pagando pelas bençãos do sacerdócio que lá recebemos. Foi isto que eu quis dizer. 
                         
                        "Concordo que seria se o intuito fosse o de cobrança. O acerto anual não é para cobrar nada, e sim para que você confira se os registros de suas doações foram lançados corretamente nos registros da Igreja. Bispo nenhum vai dizer que você tem que pagar dízimos atrasados se tiver deixado de pagar algum. Caso não esteja pagando, o que ele vai fazer é ajudá-lo a desenvolver sua fé para que volte a pagar, assim como o ajudaria se você estivesse tomando álcool, fornicando, etc., etc."  

                        Obrigado por ter escrito estas palavras, me ajudou a enxergar de outra maneira.

                        Att
                        Marcos
                         
                      • Marcelo Todaro
                        Irmão, ninguém paga o dízimo para entrar no templo. Pagamos o dízimo para sermos obedientes a um importante mandamento do Senhor. Em troca de nossa
                        Mensagem 11 de 16 , 29 de jul de 2014
                          Irmão, ninguém paga o dízimo para entrar no templo. Pagamos o dízimo para sermos obedientes a um importante mandamento do Senhor. Em troca de nossa obediência a esse e outros mandamentos, Ele nos permite entrar em Sua casa. É assim que funciona.

                          Um abraço,

                          Marcelo


                          Em terça-feira, 29 de julho de 2014, marcosmsb@... [mormons-br] <mormons-br@...> escreveu:


                          Sim, mas  as bençãos do templo são recebidas pelo poder do sacerdócio. E quando parece que pagamos o dízimo para entrar no templo, parece que estamos pagando pelas bençãos do sacerdócio que lá recebemos. Foi isto que eu quis dizer. 
                           
                          "Concordo que seria se o intuito fosse o de cobrança. O acerto anual não é para cobrar nada, e sim para que você confira se os registros de suas doações foram lançados corretamente nos registros da Igreja. Bispo nenhum vai dizer que você tem que pagar dízimos atrasados se tiver deixado de pagar algum. Caso não esteja pagando, o que ele vai fazer é ajudá-lo a desenvolver sua fé para que volte a pagar, assim como o ajudaria se você estivesse tomando álcool, fornicando, etc., etc."  

                          Obrigado por ter escrito estas palavras, me ajudou a enxergar de outra maneira.

                          Att
                          Marcos
                           

                        • marcosmsb
                          Boa tarde! Você disse: Concordo que seria se o intuito fosse o de cobrança. O acerto anual não é para cobrar nada, e sim para que você confira se os
                          Mensagem 12 de 16 , 31 de jul de 2014
                            Boa tarde!

                            Você disse:

                            "Concordo que seria se o intuito fosse o de cobrança. O acerto anual não é para cobrar nada, e sim para que você confira se os registros de suas doações foram lançados corretamente nos registros da Igreja. Bispo nenhum vai dizer que você tem que pagar dízimos atrasados se tiver deixado de pagar algum. Caso não esteja pagando, o que ele vai fazer é ajudá-lo a desenvolver sua fé para que volte a pagar, assim como o ajudaria se você estivesse tomando álcool, fornicando, etc., etc."

                            Elder Robert D. Hales disse algo parecido:

                            "Dentro de algumas semanas, cada um de nós terá a sagrada oportunidade de apresentar-se diante do bispo e fazer o acerto de dízimo com o Senhor. Seu bispo será bondoso e gentil. Compreenderá os problemas que vocês enfrentam. Se não puderem pagar tudo o que deixaram de pagar no passado, sigam em frente. Comecem hoje. Fale com o bispo sobre sua determinação em pagar o dízimo integralmente doravante e façam um planejamento para voltar a freqüentar o templo o quanto antes. Assim que houverem demonstrado sua fé, pagando o dízimo por um determinado período e cumprindo os demais mandamentos necessários, vocês estarão aptos a desfrutar das bênçãos eternas do templo. Imploro a vocês, não deixem que passe essa oportunidade. Não deixem para depois."
                            Dízimo: Uma Prova de Fé com Bênçãos Eternas - Robert D. Hales

                             

                            Att
                            Marcos
                            Ala Sapopempa
                            Estaca Penha - São Paulo - SP



                             
                          • Marcelo Todaro
                            Muito bom, Marcos. Foi o mesmo Espírito inspirando ambos. :-) Um abraço, Marcelo Em 31 de julho de 2014 12:54, marcosmsb@yahoo.com.br [mormons-br]
                            Mensagem 13 de 16 , 31 de jul de 2014
                              Muito bom, Marcos.

                              Foi o mesmo Espírito inspirando ambos. :-)

                              Um abraço,

                              Marcelo


                              Em 31 de julho de 2014 12:54, marcosmsb@... [mormons-br] <mormons-br@...> escreveu:
                               

                              Boa tarde!


                              Você disse:

                              "Concordo que seria se o intuito fosse o de cobrança. O acerto anual não é para cobrar nada, e sim para que você confira se os registros de suas doações foram lançados corretamente nos registros da Igreja. Bispo nenhum vai dizer que você tem que pagar dízimos atrasados se tiver deixado de pagar algum. Caso não esteja pagando, o que ele vai fazer é ajudá-lo a desenvolver sua fé para que volte a pagar, assim como o ajudaria se você estivesse tomando álcool, fornicando, etc., etc."

                              Elder Robert D. Hales disse algo parecido:

                              "Dentro de algumas semanas, cada um de nós terá a sagrada oportunidade de apresentar-se diante do bispo e fazer o acerto de dízimo com o Senhor. Seu bispo será bondoso e gentil. Compreenderá os problemas que vocês enfrentam. Se não puderem pagar tudo o que deixaram de pagar no passado, sigam em frente. Comecem hoje. Fale com o bispo sobre sua determinação em pagar o dízimo integralmente doravante e façam um planejamento para voltar a freqüentar o templo o quanto antes. Assim que houverem demonstrado sua fé, pagando o dízimo por um determinado período e cumprindo os demais mandamentos necessários, vocês estarão aptos a desfrutar das bênçãos eternas do templo. Imploro a vocês, não deixem que passe essa oportunidade. Não deixem para depois."
                              Dízimo: Uma Prova de Fé com Bênçãos Eternas - Robert D. Hales
                              Dízimo: Uma Prova de Fé com Bênçãos Eternas - Robert D....
                              Paguem o dízimo. Destranquem as janelas do céu. Vocês serão grandemente abençoados por sua obediência e fidelidade às leis e mandamentos do S...
                              Visualização pelo Yahoo

                               

                              Att
                              Marcos
                              Ala Sapopempa
                              Estaca Penha - São Paulo - SP



                               


                            • marcosmsb
                              Bom dia! Nesta dispensação, os mandamentos de pagar o dízimo e construir templos fazem parte do evangelho restaurado. No entanto, já ouvi pessoas, não
                              Mensagem 14 de 16 , 1 de ago de 2014
                                Bom dia!

                                Nesta dispensação, os mandamentos de pagar o dízimo e construir templos fazem parte do evangelho restaurado. No entanto, já ouvi pessoas, não membros da Igreja, utilizando passagens bíblicas como as que vem a seguir para justificar que depois da morte e ressurreição de Jesus, que dízimo e templos não se fazem mais necessários e que a verdadeira Igreja de Cristo é o conjunto dos verdadeiros fiéis.

                                Hebreus 7:18  "Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade".

                                Atos 7:48 "Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:"

                                1Cor 16:19 "As igrejas da Ásia vos saúdam. Saúdam-vos afetuosamente no Senhor áqüila e Priscila, com a igreja que está em sua CASA." 

                                Eu creio no mandamento do dízimo e da construção de templos nesta dispensação, mas gostaria de pedir aos irmãos que me ajudassem a compreender o real significado das passagens bíblicas citadas.

                                Obrigado.
                                Marcos

                                   

                              • Marcelo Todaro
                                Em 1 de agosto de 2014 09:01, marcosmsb@yahoo.com.br [mormons-br]
                                Mensagem 15 de 16 , 1 de ago de 2014
                                  Em 1 de agosto de 2014 09:01, marcosmsb@... [mormons-br] <mormons-br@...> escreveu:
                                   
                                  Nesta dispensação, os mandamentos de pagar o dízimo e construir templos fazem parte do evangelho restaurado. No entanto, já ouvi pessoas, não membros da Igreja, utilizando passagens bíblicas como as que vem a seguir para justificar que depois da morte e ressurreição de Jesus, que dízimo e templos não se fazem mais necessários e que a verdadeira Igreja de Cristo é o conjunto dos verdadeiros fiéis.

                                  Irmão, os manuais do Instituto e da Escola Dominical podem lhe fornecer respostas à grande maioria de suas perguntas e você pode baixá-los do site da Igreja. As que vou lhe dar abaixo foram tiradas dos manuais dos cursos do Novo Testamento.
                                   
                                  Hebreus 7:18  "Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade".

                                  Esse versículo integra um trecho (do 18 ao 22) que fala do Sacerdócio Aarônico e não tem absolutamente nada a ver com dízimo ou templo.
                                   
                                  Atos 7:48 "Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:"

                                  Interessante ver alguns citarem essa passagem para justificar a crença na inutilidade do templo sendo que foi o próprio Senhor que ordenou a Salomão que construísse um templo a Ele (I Reis 5 e 6). Por essa lógica, o Senhor estaria se contradizendo. :-)

                                  O capítulo 7 integra um trecho relatando que Estêvão, um dos sete homens chamados para ajudar os Doze Apóstolos, testifica perante o Sinédrio (o tribunal dos judeus) e depois é apedrejado até a morte sob falsas acusações de blasfêmia (na época, crime punido com morte por apedrejamento).

                                  Nos versículos 1 a 53, Estêvão conta parte da história dos israelitas, enfatiza as obras poderosas do Senhor e o frequente esquecimento de Israel e sua desobediência a Deus. O falso testemunho prestado diante do sinédrio afirmou que Estêvão havia blasfemado contra o templo e a lei de Moisés. Estêvão muito provavelmente disse que o Senhor não habita em templos feitos por mãos de homens em referência à iniquidade dos que o frequentavam na época (lembra-se que Jesus expulsou os camelôs de dentro dele uma vez?).

                                  Novamente, a passagem nada tem a ver com o templo de Salomão ou os templos atuais. 
                                   
                                  1Cor 16:19 "As igrejas da Ásia vos saúdam. Saúdam-vos afetuosamente no Senhor áqüila e Priscila, com a igreja que está em sua CASA."

                                  Não entendi por que há quem ache que essa passagem diz que não pode haver templo ou igreja. Podia muito bem ser um grupo de cristãos reunidos na casa de alguém por falta de local físico para as reuniões (lembremo-nos de que a Igreja da época sofria inclemente perseguição dos romanos).
                                   
                                  Eu creio no mandamento do dízimo e da construção de templos nesta dispensação, mas gostaria de pedir aos irmãos que me ajudassem a compreender o real significado das passagens bíblicas citadas.

                                  Eu gostaria novamente de recomendar-lhe baixar e estudar os manuais da Igreja, assim como as mensagens da Liahona. Esse material é muito rico em informação e pode ajudá-lo a esclarecer muitas de suas dúvidas.

                                  Um abraço,

                                  Marcelo 
                                • prado_485
                                  Eu e minha casa serviremos O Senhor. Não é aquela casa que construí de tijolos, tábuas e telhado, mas minha casa são minha esposa, nossos filhos e
                                  Mensagem 16 de 16 , 1 de ago de 2014
                                    "Eu e minha casa serviremos O Senhor." Não é aquela casa que construí
                                    de tijolos, tábuas e telhado, mas "minha casa" são minha esposa,
                                    nossos filhos e nossos netos, etc. Não seria este o caso da dúvida em
                                    pauta?
                                  Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.