Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.

Re: QUEIMADURA COM ÁGUA EM EBULIÇÃO

Expandir mensagens
  • Luiz Meira
    Olá Eliane, Queimadura é uma das aplicações mais difundidas da Aloe vera. Freqüentemente vejo relatos de queimaduras de segundo grau que tratadas com a
    Mensagem 1 de 1 , 11 de jan de 2004
    Exibir fonte
    • 0 Anexo
      Olá Eliane,
       
          Queimadura é uma das aplicações mais difundidas da Aloe vera.
          Freqüentemente vejo relatos de queimaduras de segundo grau que tratadas com a Babosa evoluíram de forma que não restou qualquer cicatriz ou sinal.
       
          Pessoalmente tive a experiência de tratar durante 1 mês um ferimento que expôs 2cm de osso na tíbia, e após dois meses não havia mais cicatriz.
       
          Outra experiência interessante foi observar em grandes queimados que o gel da babosa foi mais eficaz no controle da dor no atendimento inicial do que anestésico tópico. Imagino que o isolamento do ambiente externo (a babosa aplicada em lâminas forma como que uma pele) restabeleça o equilíbrio hidroeletrolítico próximo às terminações nervosas, diminuindo sua excitação (sensação de dor).
       
          A infecção sobre lesão que esteja recoberta de Aloe praticamente não existe.
       
          Quanto aos quelóides, assim  como você observou remissão em dois dias, seguramente constatará maior remissão ao deixar a lesão completamente coberta com lâminas de Aloe.
          Mesmo depois de completamente cicatrizado, mantenha o uso de Aloe até que a cicatriz fique plana, no mesmo nível da pele, isto pode levar uns 5 meses.
       
          De qualquer maneira não deixe tomar sol.
       
      Boa Sorte!
      -----Mensagem Original-----
      Enviada em: quarta-feira, 7 de janeiro de 2004 13:58
      Assunto: QUEIMADURA COM ÁGUA EM EBULIÇÃO

      Olá.
      Meu nome é Eliane, e sofri uma queimadura quando estava passando o café e o coador virou-se sobre minha coxa próxima a virilha.
      Bom, houve formação de bolhas que foram rompidas pelo médico, e fiz o uso de um pomada cicatrizante por 2 semanas e por antibiótico por 25 dias, pois uma parte de uns 3cm de diâmetro, infeccionou.
      Entretanto até hoje, desde da ocorrência da queimadura (04/12/03), a parte onde houve a infecção, ainda não cicatrizou por completo, e a cicatriz que está se formando é tipo um quelóide, então resolvi testar as propriedades da "babosa", depois que li no artigo deste grupo.
      Hoje será o 2º dia de uso, e percebi que houve uma retração das bordas e parece que a cicatriz está "murchando", pois o aspecto era elevado típico de um quelóide, acredito.
      Desta forma gostaria de saber se ainda poderia continuar utilizando a babosa para o resto da queimadura que está com uma coloração bastante variável, com bordas esbranquiçadas, e um miolo variando de roxo a roseado.
      Hoje percebo o quanto é penoso ser vítima de queimadura, pois envolve aspectos físicos e emocionais.
      Agradeço a atenção e aguardo qualquer informação que possa me tranquilizar quanto ao tratamento da cicatriz.
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.