Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.

gordura poliinsaturada pode elevar risco de asma

Expandir mensagens
  • Luiz Meira
    ... De: Gabriela Para: Luiz Meira Enviada em: sexta-feira, 20 de julho de 2001 12:08 Assunto: Dieta rica em gordura poliinsaturada pode elevar risco de asma
    Mensagem 1 de 1 , 16 de ago de 2001
    Exibir fonte
    • 0 Anexo
       
      -----Mensagem Original-----
      Enviada em: sexta-feira, 20 de julho de 2001 12:08
      Assunto: Dieta rica em gordura poliinsaturada pode elevar risco de asma

      Quinta-Feira, 19 de Julho 7:28 pm
      Dieta rica em gordura poliinsaturada pode elevar risco de asma
      Por Suzanne Rostler
      NOVA YORK (Reuters Health) - As crianças que consomem grandes
      quantidades de margarina e alimentos fritos em óleo vegetal podem
      estar duas vezes mais propensas a desenvolver asma do que outras da
      mesma idade que comem menos alimentos desse tipo, indica uma pesquisa
      preliminar.
      A descoberta vem de um estudo australiano em que pesquisadores
      entrevistaram os pais de 974 crianças entre 3 e 5 anos vivendo em
      duas cidades com diferentes climas e alérgenos. No geral, cerca de um quinto das crianças de cada cidade tinha asma.
      De acordo com o estudo publicado na edição de agosto da Thorax,
      as dietas ricas em gordura poliinsaturada -- encontrada na margarina
      e nos óleos vegetais e de girassol -- aumentam os níveis de ácidos
      graxos ômega-6 em relação aos níveis de ácidos graxos ômega-3.
      Os ácidos graxos ômega-6 participam da produção de compostos
      envolvidos na inflamação. Eles podem, portanto, contribuir para a
      inflamação das vias aéreas. Os ácidos graxos ômega-3, encontrados no salmão, cavalinha e outros tipos de peixe, inibem a inflamação.
      Mas ainda é muito cedo para fazer qualquer recomendação alimentar
      a crianças, alertou Michelle Haby, do Hospital Infantil Real, em
      Melbourne, Austrália.
      "Não demonstramos que as gorduras poliinsaturadas causam asma,
      nem sabemos se a alteração da dieta vai reduzir o risco ou gravidade
      da asma. Isso é o tema de uma pesquisa em andamento", disse ela à Reuters Health.
      Os estudos que começam na gravidez e acompanham as crianças até
      elas completarem pelo menos 8 anos são necessários, afirmou Haby.
      Os pesquisadores também descobriram que crianças que foram
      amamentadas nas primeiras semanas de vida tiveram um risco menor de
      asma. Eles destacaram que estudos anteriores também relacionaram o aleitamento a um risco menor da doença respiratória, possivelmente
      porque o leite materno fornece fatores de defesa que não estão
      presentes no leite em pó.
      Haby e sua equipe estimam que um alto consumo de gordura
      poliinsaturada corresponde a 17 por cento dos casos de asma no estudo
      e o fato de não amamentar pode ser responsável por 16 por cento dos casos.
      Outras descobertas do estudo mostraram que alergias, ter pais com
      asma ou sofrer uma grave infecção respiratória nos primeiros dois
      anos de vida também aumentaram o risco de asma infantil. As crianças
      com pelo menos três irmãos mais velhos tiveram um risco menos de
      desenvolver asma.
      Fonte: Thorax 2001;56:589-595
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.