Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 

O poeta de obra caudalosa e de excelência ; Luiz de Miranda

Expandir mensagens
  • urs.bira
    Luiz de Miranda (Uruguaiana,Rio Grande do Sul, 6 de abril de 1945). Premiado Poeta brasileiro. trabalhou e escreveu em diversos órgãos de impressa de Porto
    Mensagem 1 de 1 , 12 de jun de 2010
      Luiz de Miranda (Uruguaiana,Rio Grande do Sul, 6 de abril de 1945). Premiado Poeta brasileiro. trabalhou e escreveu em diversos órgãos de impressa de Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e [Belo Horizonte].[1]

      Em 1987 é eleito para a Academia Rio-grandense de Letras.

      Em 2000 é eleito para a Academia Sul Brasileira de Letras.

      Em junho de 2010, aos 65, tendo sido informado por Diva Pavesi, recebeu uma insignia da Academia de Artes, Ciências e Letras de Paris, ao lado de, entre outros, Martinho da Vila.[2]

      Prêmios

      Prêmio Estadual de Poesia (1971)
      Prêmio de Literatura de 1985, do Jornal The Brazilians, de Nova Iorque, no First Brazilian National Independence Day Street Festival.
      Prêmio Expresión Cultural, da República do Panamá (1985). • Prêmio Excelência en las Americas, do programa de televisão norte-americana Cita con las Américas, de Nova Iorque (1985).
      Prêmio Literário Érico Veríssimo, da Câmara de Vereadores de Porto Alegre (1988).
      Prêmio de Poesia 1987, Jornal Kronica e Epatur.
      Prêmio Valores Culturais de las Américas, concedido pelo programa de televisão Cita con las Américas, de Nova Iorque (1988).
      Prêmio Clave de Sol, conferido pelo Clube de Compositores do Rio Grande do Sul (1988).
      Prêmio de Poesia, por Poesia Reunida, Paraguai (1993).
      Prêmio Mayor Poeta Latinoamericano – Govierno do Alto Paraná, Paraguai (1993)
      Prêmio Literatura and Family: The Noblest Desire, Bolonha; Itália (1993).
      Livro do Meses recebe o Prêmio Altamente Recomendável, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (1993).
      Recebe o Título Cidadão de Porto Alegre (1997), por votação unânime do vereadores.
      Com Trilogia do Azul, do Mar, da Madrugada e da Ventania ganha o grande Prêmio 2001 da Academia Brasileira de Letras e é finalista do Prêmio Jabuti.
      Prêmio Negrinho do Pastoreio, ao melhor Poeta do Rio Grande do Sul (2005).
      Prêmio 2009 do Instituto Literário e Cultural Hispânico, com sede nos Estados Unidos.

      Obra
      Amor de Amar
      Livro dos Meses
      Livro do Pampa
      Velas de Portugal
      Salve Argentina
      Monolítico (Memória que não morre)
      Rio de Janeiro, Canto de Amor e Esperança
      Alquimia da Vida Verdadeira
      Melhores Poemas de Luiz de Miranda
      Quarteto dos Mistérios, Amor e Agonias, 1999
      Trilogia do Azul, do Mar, da Madrugada e da Ventania, 2000
      Trilogia da Casa de Deus,2002
      Canto de Sesmaria, um singularíssimo poema desenvolvido em 280 páginas 2003
      Nunca Mais Seremos os Mesmos, 2005.

      Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Luiz_de_Miranda


      urs.bira
      Moderação Literatura e Leitura
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.