Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 

Exposição em Brasília mostra expansão da língua portuguesa

Expandir mensagens
  • urs.bira
    Exposição em Brasília mostra expansão da língua portuguesa A exposição Linguagem Viagem – Em português todos se encontram mostra a trajetória de
    Mensagem 1 de 1 , 27 de mar de 2010
      Exposição em Brasília mostra expansão da língua portuguesa

      A exposição Linguagem Viagem – Em português todos se encontram mostra a trajetória de como o idioma se expandiu no mundo.

      Daise Lisboa



      Brasília - "A abertura desta conferência marca mais uma oportunidade que temos de refletir sobre as ações e analisar as propostas que contribuirão para valorizar cada vez mais a língua portuguesa". Foi assim que o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, se expressou, quinta-feira à noite (25), ao inaugurar a exposição Linguagem Viagem - Em português todos se encontram, que faz parte da Conferência Internacional sobre o Futuro da Língua Portuguesa no Sistema Mundial.

      Na presença de mais de 500 pessoas, o ministro destacou que a língua portuguesa é um idioma mestiço, falado por mais de 245 milhões de pessoas, de oito países, de quatro continentes. "Esse encontro vai contribuir para o fortalecimento do ensino da língua portuguesa nos meios internacionais, assim como será abordado o acordo ortográfico. A exposição também vai valorizar as influências vocais", disse Amorim.

      Após o discurso do ministro e a abertura oficial da exposição, o público teve acesso a um espaço em que foram colocados versos de diversos autores lusófonos que a cada momento ficavam sob a luz, proporcionando um efeito visual fantástico, e aguçando a curiosidade das pessoas que queriam ler todos os versos expostos.

      A exposição foi montada de forma que o público faça um trajeto passando por diversas etapas que determinam a evolução da língua portuguesa no mundo. Há explicações e citações de autores, alguns anônimos, que proporcionam aos espectadores momentos de reflexão sobre nosso idioma. "As naus de Portugal fizeram a língua portuguesa atravessar mares e aportar em diversos lugares". Em outros pontos da mostra há ilustrações que nos remetem a diversas fases atravessadas pelo português, assim como a influência recebida pelo idioma, como a língua da expansão: o latim vulgar; a península ibérica; o surgimento do galego-português; o português medieval; expansão marítima portuguesa; as grandes navegações e novo mundo, outras línguas.

      A exposição reúne vídeos, painéis, livros e depoimentos de quem fez a história da língua portuguesa e se faz presente em versos, prosas, música. Os nomes são muitos, mas ali misturam-se gerações com alusão aos trechos de músicas de Caetano Veloso, com 'Sampa', Dolores Duran, com "Noite do Meu Bem", Adoniran Barbosa, com "Saudosa Maloca", Chico Buarque e Ruy Guerra, com "Fado Tropical" e Tom Jobim e Vinícius de Moraes, com "Garota de Ipanema".

      No percurso da exposição, o público passa por um túnel onde são exibidos vídeos mostrando a diversidade dos ritmos, como a influência do negro africano no samba brasileiro. Uma bancada exibe livros de diversos autores dos oito países membros da Comunidade de Países da Língua Portuguesa (CPLP) – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Entre eles Cora Coralina, Machado de Assis, Fernando Pessoa, Clarice Lispector, Eça de Queirós.

      Depois dessa viagem por uma exposição que envolve todos esses países, o público assistiu a um espetáculo da cantora baiana Maria Bethânia que encantou o público com leituras de autores consagrados da língua portuguesa e interpretação de músicas populares

      Fonte: http://www.africa21digital.com/noticia.kmf?cod=9705831&canal=403

      Moderação Literatura e Leitura
      urs.bira
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.