Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 

Morreu escritor britânico Edward Upward (13/02/2009)

Expandir mensagens
  • Ubiratan Rocha da Silva
    Morreu escritor britânico Edward Upward Londres, 16 Fev (Lusa) O romancista Edward Falaise Upward, que fez parte de um grupo de escritores britânicos como
    Mensagem 1 de 1 , 16 de abr de 2009
      Morreu escritor britânico Edward Upward


      Londres, 16 Fev (Lusa)

      O romancista Edward Falaise Upward, que fez parte de um grupo de escritores britânicos como W.H. Auden, Stephen Spender e Christopher Isherwood, faleceu no passado dia 13/02/2009, aos 85 anos, informou hoje o diário "The Guardian".

      Upward pertencia a uma geração de autores conhecida pelo nome da sua principal figura, WH Auden, que tentou conciliar a literatura com o compromisso político.

      Depois de se licenciar no prestigioso Corpus Christi College, de Cambridge, filiou-se em 1932 no Partido Comunista, do qual se desvinculou em 1948 por considerar que a sua política de apoio ao trabalhismo tinha deixado de ser revolucionária.

      O seu primeiro romance, "Journey to the Border", publicado em 1938, descreve a revolta de um tutor privado contra o seu patrono e o mundo ameaçador dos anos 30.

      Upward não voltou a publicar até quase 25 anos depois, em 1962, quando apareceu "In The Thirties" , o primeiro volume da sua trilogia "The Spiral Ascent", a que se seguiram "The Rotten Elements" (1969) e "No Home but the Struggle" (1977).

      De carácter semiautobiográfico, a trilogia, considerada a sua obra mais importante, tem como tema a luta de um escritor para combinar a criatividade artística com o compromisso político, uma constante em toda a sua carreira.

      Durante os seus estudos em Cambridge, Upward conheceu Christopher Isherwood, com quem colaborou em vários contos, alguns dos quais se publicaram em 1994 sob o título de "The Mortmere Stories".

      Data de 1929 o conto mais famoso de Upward, "The Railway Accident", que no entanto só seria publicado 40 anos mais tarde nos Estados Unidos sob o pseudónimo de Allen Chalmers.

      RMM.

      Lusa/fim

      Fonte: http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/9333741.html
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.