Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 

Estado se revolta com a mudança de “acreano” para acriano

Expandir mensagens
  • Ubiratan Rocha da Silva
    Como se escreve polêmica no Acre Estado se revolta com a mudança de acreano para acriano Cento e seis anos após a declaração de sua independência da
    Mensagem 1 de 1 , 29 de mar de 2009
      Como se escreve polêmica no Acre

      Estado se revolta com a mudança de "acreano" para acriano


      Cento e seis anos após a declaração de sua independência da Bolívia, um movimento de resistência toma forma no Acre.

      O inimigo, desta vez, é o novo Acordo Ortográfico da língua portuguesa, que transformou os "acreanos" em acrianos. A opção, segundo a Academia Acreana de Letras, sempre foi facultativa, mas o "i" nunca foi usado nas ruas, documentos, hino e até no nome da entidade.

      – Acriano soa esquisito. Somos "acreanos" há mais de cem anos, quando decidimos que não éramos bolivianos, e sim brasileiros, e conseguimos a independência. A mudança mexe nas nossas raízes históricas e culturais", diz a deputada federal Perpétua Almeida (PC do B-AC), que lidera o movimento.

      A reação conta com políticos, jornalistas e intelectuais do Estado, que prometem criar um blog para dar início ao Fórum de Defesa da Nossa Acreanidade – a ser hospedado no site da Assembleia Legislativa. No espaço, as pessoas poderão manifestar repúdio (ou apoio) à mudança ortográfica.

      – As pessoas já dizem: "na minha caneta, mando eu" – diz Almeida, que promete fazer contato com acrianos famosos para "reforçar" o movimento, como a escritora Glória Perez e o jornalista Armando Nogueira.

      Para tentar evitar a mudança, a Academia Acreana de Letras terá de apresentar recurso à Academia Brasileira de Letras (ABL). A ABL diz considerar positivas as manifestações como esta do Acre porque estimula o debate sobre questões relacionadas à língua. Segundo a assessoria da academia, "nunca houve no país uma discussão tão rica e profícua".

      Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a24
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.