Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.
 

Jornalista e Escritor angolano João Melo Lança no Brasil "Filhos da Pátria"

Expandir mensagens
  • Ubiratan Rocha da Silva
    Filhos da Pátria , do angolano João Melo, é lançado no Brasil pela Record O primeiro lançamento de Filhos da Pátria será realizado dia 3 de novembro,
    Mensagem 1 de 1 , 29 de out de 2008
      "Filhos da Pátria", do angolano João Melo, é lançado no Brasil pela
      Record

      O primeiro lançamento de Filhos da Pátria será realizado dia 3 de
      novembro, na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, com apresentação
      de Muniz Sodré e palavras do autor.



      Brasília - Estudado nas universidades brasileiras, o angolano João
      Melo chega agora ao mercado editorial do país com chancela da
      Record. "Filhos da Pátria", o mais recente livro do jornalista e
      escritor angolano, será lançado, em novembro, no Brasil, pela editora
      Record.

      Coletânea de contos, teve sua primeira edição em Angola, em 2001,
      pela editora Nzila, e em Portugal foi lançado pela editorial Caminho.

      No Brasil, o primeiro lançamento de Filhos da Pátria será realizado
      dia 3 de novembro, na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, com
      apresentação de Muniz Sodré e palavras do autor.

      Depois do Rio, será a vez de Salvador, Brasília e Porto Alegre,
      também com a participação do autor, que junta a arte da palavra à
      atividade empresarial em Angola, na área da comunicação, e ao
      engajamento político e parlamentar.

      Da poesia ao conto

      João Melo nasceu em 1955 em Luanda, onde vive. É escritor,
      jornalista, publicitário, professor universitário de Comunicação e
      deputado à Assembleia Nacional de Angola. Fez os estudos primários e
      secundários em Luanda. Estudou Direito em Coimbra e Luanda.

      De 1984 a 1992 morou no Rio de Janeiro, como correspondente de
      imprensa. Nesse período, graduou-se em Jornalismo na Universidade
      Federal Fluminense e fez o Mestrado em Comunicação e Cultura na
      Universidade Federal do Rio de Janeiro.

      Como escritor, é poeta, contista, cronista e ensaísta. Publicou dez
      livros de poesia, quatro de contos e um de ensaios. Tem actualmente
      no prelo três livros de poesia, dois de ensaios e um de contos. Está
      representado em várias antologias, em Angola e no estrangeiro. Teve
      três menções honrosas, duas no Prémio Sonangol de Literatura e uma no
      Prémio Sagrada Esperança, ambos em Angola. Publicado habitualmente em
      Angola e Portugal, tem textos traduzidos para mandarim, alemão,
      italiano e húngaro.

      É membro fundador da União de Escritores Angolanos, da qual já foi
      secretário geral, presidente da Comissão Directiva e presidente do
      Conselho Fiscal.

      Como jornalista, recebeu em 2008 o Prémio Maboque de Jornalismo, a
      maior distinção jornalística de Angola. É um dos autores africanos
      mais estudado nas universidades brasileiras.

      João Melo é diretor-geral da revista África 21 e parceiro do portal
      de informação África 21 Digital (www.africa21digital.com), editado
      pela CCA. Comentar Enviar por e-mailImprimir Download PDF Enviar
      por e-mail

      Fonte: http://www.africa21digital.com/noticia.kmf?
      cod=7824365&canal=403
    Sua mensagem foi enviada com êxito e será entregue aos destinatários em breve.