Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.

339POEMAS VENUSIANOS - Paul Éluard - 1895-1952, Franç a

Expandir mensagens
  • sonia regina
    15 de set de 2003
       

       
      A CURVA DOS TEUS OLHOS

      Paul Éluard

      Tradução: Jean-Pierre Barakat



      A curva dos teus olhos faz a volta do meu coração,

      Uma ronda de dança e de ternura,

      Auréola do tempo, berço noturno e seguro,

      E se eu não sei mais tudo o que vivi

      É porque teus olhos nem sempre me viram.

      Folhas de dia e espuma de orvalho,

      Juncos do vento, sorrisos perfumados,

      Asas cobrindo o mundo de luz,

      Navios providos no céu e no mar,

      Caçadores de ruídos e fontes das cores,

      Cheiros explodidos num parto de auroras

      Jazendo sempre nos rastros dos astros,

      Assim como o dia depende da inocência

      O mundo inteiro depende de teus olhos puros

      E todo meu sangue corre em seus olhares.

       

       

       

       

      edição 15.8.03: Sonia Regina e Jean-Pierre Barakat

       

       

      Fonte: Página internet http://iquebec.ifrance.com/Jisca/peluard_III.htm

      http://br.groups.yahoo.com/group/laboratoriodapalavra

      Inscrições:  enviar um e-mail em branco para laboratoriodapalavra-subscribe@...