Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.

2581A EVOLUCAO DA ALMA - 1

Expandir mensagens
  • Gotas de Sabedoria
    8 de out

      A imagem pode conter: céu e nuvem

      O que os Mestres Ascensos dizem sobre... A EVOLUÇÃO DA ALMA - 1

      Uma Fusão da Mente com o Espírito

      Sobre a Alma

      Antes de começar eu gostaria de ler para vocês um trecho do livro Climb the Highest Mountain (Escalando a Montanha Mais Elevada) um ensinamento do Mestre Ascenso El Morya, ditado a Mark Prophet em 1973. Capítulo 1, a seção intitulada "A Alma: Um Potencial Vivo”.

      ”Deus é um Espírito e a alma é o potencial vivo de Deus. A exigência da alma pelo livre-arbítrio e sua separação de Deus resultou na descida desse potencial no modesto estado da carne.
      Semeada em desonra, a alma está destinada a ser elevada em honra à plenitude daquele estado divino de ser, que é o Espírito único de toda a Vida. A alma pode ser perdida; O Espírito nunca pode morrer."

      "Jamais o Espírito nasceu, O Espírito jamais deixará de ser, Jamais ouve tempo em que ele não existiu, começo e fim são sonhos! Jamais nasceu, imortal e imutável, permanece o Espírito para sempre, a morte jamais o tocou, ainda que morta possa parecer a sua casa!" - do Bhagavad-gita.

      "A alma, então, permanece um potencial caído que deve ser imbuído da Realidade do Espírito, purificada através da oração e da súplica, e retornada à glória da qual desceu e à unidade do Todo."

      "Esta união da alma com o Espírito é o casamento alquímico que determina o destino do eu e o torna um com a Verdade imortal.
      Quando este ritual é cumprido, o Eu mais elevado é entronizado como o Senhor da Vida e o potencial Divino, realizado no homem, é encontrado como o Todo-em-tudo.”

      Hoje quero falar com vocês sobre a evolução da alma e a fusão da mente e com o Espírito. Afinal de contas, esse é o tema desta conferência!

      Como se define a alma? Você algum dia já pensou em definir A sua própria alma, desenhando um perfil e dizendo: "Este esboço representa a minha alma"?

      Nós temos todos os tipos de conceitos sobre a alma. Nós sabemos que temos uma afinidade com algumas almas e somos repelidos por outras.

      No momento em que conhecemos alguém, fazemos uma leitura da alma dessa pessoa. Nós apertamos as mãos e entramos em uma conversa, e durante todo esse tempo, em um nível subconsciente, estamos avaliando essa alma. Geralmente nossas primeiras impressões estão corretas.

      Às vezes temos uma reação negativa imediata. Mas, mais frequentemente do que não, nos permitimos desligar a leitura negativa e buscamos ligar uma leitura positiva, porque nós realmente não queremos acreditar que uma alma possa ser má ou ter traços maus. Então dizemos: "Oh, bem, ele não é tão mau. Ele não é um sujeito tão ruim. Ele quer agir bem, Ele é OK."

      E em nossa ingenuidade não estamos prontos para acreditar que os "maus" dominam a técnica de colocar uma pátina (capa embelezadora), um casaco de açúcar, sobre aquilo que realmente é, uma alma má, fazendo com que ela pareça doce como mel.

      Sob tais circunstâncias, é preciso um espectador astuto e objetivo - um que não tenha nenhum interesse no resultado do novo relacionamento - para ser capaz de ler o que realmente está sob a pátina.

      Continua...

      Elizabeth Clare Prophet 
      ----------------------------------

      Pérola de Sabedoria Vol. 38 No. 29 - Uma palestra com Elizabeth Clare Prophet - 1995, originalmente em inglês 
      - Tradução e dados entre (parênteses) de Paulo R Simões