Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.

2665Re: [etnolinguistica] Re: dominio publico

Expandir mensagens
  • Maria Carlota Rosa
    11 de set de 2010
      Obrigada, Eduardo.
       
      Um detalhe interessante. Espera-se de um fac-simile de obra que não exista apenas em testemunho único que uma edição fac-similar
      se faça com base num exemplar em bom estado.  Não foi o caso do fac-simile dessa Nabu Press em relação à gramática de Chatelain.
      Qual não foi minha surpresa ao ver logo a introdução interrompida, faltando as páginas vii e viii.
      Resolvi, então, conferir o restante do livro. Faltam também a 79, 80, 81 e 82.
       
      Não conferi os outros dois, mas certamente n~]ao é trabalho confiável.
       
      MCR
      -----Mensagem Original-----
      Enviada em: sábado, 11 de setembro de 2010 12:16
      Assunto: Re: [etnolinguistica] Re: dominio publico

      Prezada Carlota,

      Muito obrigado pela dica. Esses preços são certamente mais razoáveis que os da Lincom. Eu imagino que a Nabu esteja (a exemplo de outras editoras que oferecem serviços de "print-on-demand")  fazendo uso do material digitalizado pelo Google Books. Estes três títulos estão disponíveis lá (http://books.google.com); caso não seja possível acessá-los a partir de um IP brasileiro, eu incluí os arquivos no meu site, só por curiosidade, para vermos se se trata dos mesmos originais:

      http://wado.us/kimbundu

      Tais editoras usam a Amazon como ponto de venda. Recentemente, inclusive, a Amazon tem sido criticada por uma aparente falta de critério de qualidade. Algumas editoras tipo "print-on-demand" estão usando o site para vender livros feitos às pressas a partir da compilação de páginas da Wikipédia, por exemplo (http://bit.ly/amazonpod).

      De volta ao caso da Lincom. O livrinho que mencionei (de fato, um artigo, 39 p.), de Kunike, está sendo vendido por 30 dólares. Um outro exemplo do quanto os preços da Lincom são inflados é o livro 'Vocabulario Castellano-Quechua-Pano' (Fr. Manuel Navarro, 1903), publicado originalmente em 1903 (223 p.). A Lincom o está vendendo por US$ 68.20; a Nabu, no site da Amazon, por US$ 19.57. Foi digitalizado pelo Google e está disponível gratuitamente para download (pelo menos nos EUA). Aproveitando a ocasião, incluí este item na Biblio Nimuendaju também:

      http://biblio.etnolinguistica.org/navarro-1903-vocabulario

      Eu raramente imprimo um livro disponível eletronicamente, por razões
      ecológicas (e econômicas, claro; tinta de impressora custa muito caro, para mim). Mas reconheço as vantagens de se ter uma cópia impressa.  Considerando-se despesas com o correio, etc., não seria interessante se tais serviços fossem oferecidos por empresas em nossos países sul-americanos ("download globally, print locally")? Provavelmente já deve estar ocorrendo por aí.

      Abraços,

      Eduardo

      2010/9/10 Maria Carlota Rosa <carlota@...>

      >
      >
      > Prezado Eduardo:
      >
      > Por acaso acabo de comprar tres livros (Kimbundu grammar, de Chatelain;
      > Ensaio de Dic. kimbundu-portugues, de Cordeiro da Matta ; Dic.
      > port-kimbundu, de Nascimento). Estao na faixa 14-18 dolares.
      > Todos sao edicoes fac-similares de uma desconhecida Nabu (parece que ela
      > está trabalhando para a Amazon, mas nao sei se essa informação e fiavel).
      > Ha uma nota (a unica parte do livro onde aparece essa editora) que informa
      > que "You may freely copy and distribute this work" . Ha  ainda a obervação
      > de que "This book may contain prior copyright references, and library stamps
      > (as most of these works were scanned from libraries copies). These have been
      > scanned and retained as part of the historical artifact".
      >
      > Sai mais barato do que fotocopia de biblioteca.
      > Um abraco,
      > Maria Carlota
      >
      >
      > Maria Carlota Rosa
      >
      > Universidade Federal do Rio de Janeiro
      > Faculdade de Letras
      > Departamento de Linguística e Filologia
      > Programa de Pós-Graduação em Linguística
      > Av. Horácio Macedo, 2151
      > Cidade Universitária - Ilha do Fundão
      > Rio de Janeiro - RJ- 21941-917
      > carlota@...
      > carlota@...
      >
      >
      >
      > -----Mensagem Original-----
      > *De:* Eduardo Rivail Ribeiro <kariri@...>
      > *Para:* etnolinguistica@...
      > *Enviada em:* sexta-feira, 10 de setembro de 2010 08:12
      > *Assunto:* [etnolinguistica] Re: Beiträge zur Phonetik der Karajá-Sprache
      > (Kunike 1916)
      >
      >
      >
      > Prezados,
      >
      > Ontem, folheando o catálogo da Lincom, notei que eles agora estão
      > republicando trabalhos antigos que entraram em domínio público. Um deles é
      > este trabalho de Kunike (1916) sobre o Karajá. Em princípio, seria uma
      > atitude louvável da editora, ao pôr em circulação um trabalho há muito
      > esgotado (afinal, não fosse a falta de grana e espaço e outras considerações
      > logísticas, eu geralmente preferiria livros "de verdade" a cópias xerox ou
      > arquivos digitais).
      >
      > No entanto, vejo alguns problemas com este tipo de republicação. Como tais
      > trabalhos estão em domínio público, eventualmente se tornarão disponíveis
      > online, gratuitamente (se ainda não estão). A menos que se trate de uma
      > publicação que acrescente algo ao conteúdo original, aumentando sua
      > utilidade para o público atual -- uma edição anotada, por exemplo, ou uma
      > tradução --, eu não vejo sentido -- científico, pelo menos -- em publicar-se
      > um livro assim, por mais barato que fosse (o que não é o caso da Lincom).
      > Como, por causa de minha pesquisa com o Karajá, eu já havia encontrado este
      > trabalho de Kunike online (Google Books), resolvi extraí-lo e torná-lo
      > disponível na Biblio Nimuendaju (uma versão posterior do mesmo trabalho,
      > publicado no JSA, está disponível no site Persée):
      >
      > http://biblio.etnolinguistica.org/kunike-1916-beitrage
      >
      > Enfim, há também um problema de confiabilidade. Eu não vi os livros da
      > Lincom, portanto não sei dizer se se trata de publicações facsimilares. Caso
      > não sejam, eu ficaria com um pé atrás. Dada a facilidade, hoje em dia, de se
      > fazerem reproduções facsimilares das edições originais, eu acho que esta é
      > maneira preferível de se republicarem obras em nossa área, que contenham
      > dados lingüísticos. Qualquer colega que tenha trabalhado com dados coletados
      > antes do uso generalizado do IPA (especialmente por gente minuciosa como
      > Fritz Krause e Curt Nimuendaju) sabe do que estou falando. Ou seja, quem
      > confiaria em um trabalho de retranscrição de um texto original, cheio de
      > diacríticos, a menos que tal trabalho seja feito sob o cuidado de alguém com
      > conhecimento da língua?
      >
      > Tudo isto, enfim, para sugerir que os colegas da área informem os
      > bibliotecários de suas respectivas instituições para que evitem
      > republicações pouco cuidadosas, já que é sempre possível que haja
      > alternativas melhores (e mais baratas).
      >
      > Só isso. Abraços,
      >
      > Eduardo
      >
      > --- Em etnolinguistica@...<etnolinguistica%40yahoogrupos.com.br>,
      > Biblioteca Digital Curt Nimuendaju <biblio@...> escreveu
      > >
      > > O seguinte trabalho acaba de ser acrescentado ao acervo da Biblioteca
      > > Digital Curt Nimuendaju:
      > >
      > > Beiträge zur Phonetik der Karajá-Sprache. (Brasilien.)
      > > por Hugo Kunike, 1916
      > > http://biblio.etnolinguistica.org/kunike-1916-beitrage
      > >
      > > ------
      > > Divulgue este recurso no Twitter:
      > > http://twitter.com/nimuendaju/status/24011215746
      > >
      > > ------
      > > Biblioteca Digital Curt Nimuendaju
      > > http://biblio.etnolinguistica.org/
      > >
      > > Para receber informações sobre novos acréscimos ao acervo da
      > > Biblioteca, acompanhe-nos no Twitter (http://twitter.com/nimuendaju)
      > > ou assine nossa lista de anúncios:
      > > http://groups.google.com/group/nimuendaju
      > >
      > > A Biblioteca Digital Curt Nimuendaju é uma iniciativa do portal
      > > Etnolinguistica.Org.
      > >
      >

      >



      --
      Eduardo Rivail Ribeiro, lingüista
      http://wado.us



      ------------------------------------

      -----------------------------------------------------------------
      Nosso website reúne links para diversos recursos online,
      incluindo:

      *Teses (www.etnolinguistica.org/teses)
      *Periódicos (www.etnolinguistica.org/periodicos)
      *Línguas indígenas na mídia (www.etnolinguistica.org/imprensa)
      *Outros websites de interesse (www.etnolinguistica.org/sites)

      Para sugerir novos links ou corrigir links desatualizados,
      escreva para links@.... Para informar-se sobre novos acréscimos ao website, visite http://twitter.com/etnolinguistica

      O uso dos recursos da lista Etnolingüística baseia-se no
      reconhecimento e aceitação de suas diretrizes. Para conhecê-las,
      visite www.etnolinguistica.org/normas
      ------------------------------------------------------------------Links do Yahoo! Grupos

      <*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
          http://br.groups.yahoo.com/group/etnolinguistica/

      <*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
          etnolinguistica-unsubscribe@...

      <*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
          http://br.yahoo.com/info/utos.html



    • Mostrar todas as 5 mensagens neste tópico