Carregando ...
Desculpe, ocorreu um erro ao carregar o conteúdo.

9615TUPI ELéCTRON

Expandir mensagens
  • claudio m
    26 de mai de 2004
      TUPI ELéCTRON



      Lentamente ou melhor dizendo, meticulosamente, a história da M.E.B.* está
      sendo escrita por novos e promissores talentos.
      É o caso do músico e produtor Gilberto Monte, 27 anos, sergipano radicado há
      seis em Salvador, onde veio cursar Composição e Regência na Universidade
      Federal da Bahia.
      Ele se destaca no cenário da música nacional pela sua coerente e plural
      personalidade artística que, em pouco tempo chamou a atenção de sêlos,
      gravadoras e veículos de comunicação como as revistas "Play", "Áudio, Música
      & Tecnologia", "Época" e recentemente, a edição portuguesa "Enne".

      Seu nome está associado a três projetos distintos porém interligados pela
      qualidade que consegue imprimir a todos: tara_code, O Cumbuca e Caçuá
      Eletrônico.
      Além de parcerias com outros artistas como foi o caso do extinto "Sons of
      the Beats" (que teve registro na Compilação Orgânico / Sintético da Muquifo
      Records) e do estreante "Clube do Silencio".
      Gilberto ainda integra, ocasionalmente, bandas como a da cantora Rebeca
      Matta, com quem já teve a oportunidade de acompanhar Arnaldo Antunes, Arto
      Lindsay, Moisés Santana e TomZé.

      Dando enfoque ao seu projeto solo, "Caçuá Eletrônico", cujo cd está em fase
      final de gravação, vemos as definições:

      caçuá . [Do tupi.] S. m. Bras. 1. Cesto grande e oblongo, feito de cipós
      rijos, vime ou fasquias de bambu, com aselhas, pelas quais se prende às
      cangalhas, e usado no transporte de gêneros em alimárias.
      eletrônico . [Var. de electrônico < eléctron + -ico2.] Adj. 1. Relativo à
      eletrônica. ~ V. acoplamento -, afinidade -a, agenda -a, balança -a, birô -,
      caixa -a, camada -a, canhão -, cérebro -, chave -a, computador -,
      conferência -a, configuração -a, contador -, correio -, densidade -a,
      dicionário -, edição -a, editoração -a, endereço -, escuta -a, espelho -,
      jogo -, jornalismo -, lente -a, lista -a, livro -, mensagem -a,
      microscópio -, mídia -a, mock-up -, música -a, navegação -a, neutrino -,
      número -, óptica -a, planilha -a, porteiro -, publicação -a, secretária -a,
      sintetizador -, tubo - e válvula -a.


      Pelos próprios vocábulos podemos entender melhor seus conceitos com base na
      experimentação da linguagem eletrônica com ritmos brasileiros ,
      principalmente os nordestinos, travando um diálogo entre o orgânico e o
      sintético, relacionando texturas sonoras de formações tradicionais a música
      do nordeste como os trios nordestinos, bandas de pífanos, violeiros e
      emboladores, com as possibilidades e timbres da e-music.
      Ora os instrumentos orgânicos, na maioria das vezes modelados digitalmente,
      são o objeto composicional da música, ora sintetizadores e modulações
      sonoras carregam o sotaque nordestino através de formas ritmicas, melódicas
      ou harmônicas.
      A estética desse trabalho surgiu de forma lenta em 98, quando inciou
      experimentações na área da música eletroacústica e começou a ter contato com
      essa vertente através da faculdade. A partir daí nasceu uma relaçã com os
      geradores sonoros e samples que foi se estendendo a linguagem popular no
      campo da e-music.
      Com o desenvolvimento da tecnologia dos computadores pessoais todo processo
      de criação e gravação tornou-se possível seu "quarto-estúdio", chamado
      EletroVintage, onde também desenvolve seus remix e trilhas para companhias
      de dança e vídeos.

      Ao ouvir as faixas "Árido", "Josifino", "Respostando" ou "Agreste" (inclusas
      no cd-demo que pode-se baixar através do Soulseek) tem-se a nítida certeza
      dos rumos da mpb.
      Ouvidos e mentes devem ficar atentos à riqueza estética desta proposta, onde
      camadas sonoras se misturam ao imaginário, formando uma densa rede de
      informações e prazeres.

      (*) Música Eletrônica Brasileira

      Links relacionados ao referido artista:

      http://www.acidplanet.com/tara_code
      http://www.acidplanet.com/artist.asp?songs=180531&T=5373
      http://www.clubedosilencio.hpg.com.br/


      Texto de Andrea May publicado no Zine Stero Rock Clube (SP) em 2003.




      ---
      Outgoing mail is certified Virus Free.
      Checked by AVG anti-virus system (http://www.grisoft.com).
      Version: 6.0.690 / Virus Database: 451 - Release Date: 22/5/2004